Práticas integrativas ajudam contra a depressão

Práticas integrativas ajudam contra a depressão

Atividades como a yoga e a meditação, por exemplo, estão entre as disponíveis em mais de 9 mil estabelecimentos distribuídos pelo Brasil e ofertadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). As terapias estão presentes em 9.350 estabelecimentos em 3.173 municípios, sendo que 88% são oferecidas na Atenção Básica. Em 2017, foram registrados 1,4 milhão de Leia mais sobrePráticas integrativas ajudam contra a depressão[…]

Outubro Rosa destaca importância da conscientização sobre câncer de mama

Outubro Rosa destaca importância da conscientização sobre câncer de mama

Outubro é o mês do Outubro Rosa, movimento que vem ganhando força a cada ano com o objetivo de levar conscientização sobre a prevenção do câncer de mama. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), são esperados 57.120 novos casos de câncer de mama no ano de 2015. O movimento, que surgiu nos anos 90 Leia mais sobreOutubro Rosa destaca importância da conscientização sobre câncer de mama[…]

Obesidade e desnutrição: nem tudo é o que parece

Obesidade e desnutrição: nem tudo é o que parece

Além da desnutrição, a obesidade se tornou uma das maiores preocupações da saúde pública no Brasil. Em décadas anteriores, o Brasil tinha elevadas taxas de desnutrição. Agora, mais da metade da população adulta está com excesso de peso. Ana de Oliveira Parada, médica nutróloga do Hospital Universitário de Brasília (HUB), lembra que quando se trata Leia mais sobreObesidade e desnutrição: nem tudo é o que parece[…]

Existe diferença na alimentação do homem e da mulher?

Existe diferença na alimentação do homem e da mulher?

As mulheres sempre cuidaram bem da saúde e principalmente buscaram com mais afinco uma alimentação adequada e saudável. Ultimamente, o homem está correndo atrás. O que eles precisam ficar atentos é que há uma diferença de necessidades nutricionais quando falamos de gênero. Não que isso se traduza em alimentos específicos, mas sim em quantidade. “A Leia mais sobreExiste diferença na alimentação do homem e da mulher?[…]

CÂNCER DE MAMA: O QUE AUMENTA O RISCO?

CÂNCER DE MAMA: O QUE AUMENTA O RISCO?

O câncer de mama não tem somente uma causa. A idade é um dos mais importantes fatores de risco para a doença (cerca de quatro em cada cinco casos ocorrem após os 50 anos). Outros fatores que aumentam o risco da doença são: Fatores ambientais e comportamentais: Obesidade e sobrepeso após a menopausa; Sedentarismo (não Leia mais sobreCÂNCER DE MAMA: O QUE AUMENTA O RISCO?[…]

Saiba como deixar o encontro com os amigos mais saudável

Saiba como deixar o encontro com os amigos mais saudável

Em geral, as confraternizações acabam girando em torno de cardápios calóricos. Mas é possível buscar opções melhores para a saúde sem deixar de lado o hábito de comer junto. Segundo Irene Coutinho de Macedo, coordenadora do curso de Nutrição, do Centro Universitário Senac (SP), é importante que as pessoas cultivem o hábito de se reunir para Leia mais sobreSaiba como deixar o encontro com os amigos mais saudável[…]

Cardápio saudável: como planejar suas refeições

Cardápio saudável: como planejar suas refeições

É preciso dar à preparação e ao consumo de alimentos o devido valor entre as tarefas do dia a dia. Quando se planeja um cardápio com antecedência, dá para escolher melhor os alimentos, privilegiando os mais saudáveis e deixando de lado os que são ultraprocessados e ricos em gorduras, sódio e açúcar. “O  planejamento das Leia mais sobreCardápio saudável: como planejar suas refeições[…]

Vilão ou mocinho? Segredo do café é a quantidade

Vilão ou mocinho? Segredo do café é a quantidade

Paixão nacional, o cafezinho tem destaque no desjejum e segue acompanhando o dia a dia das pessoas, no trabalho e nas refeições seguintes. A bebida, que tem várias formas de “tirar”, indo do tradicional coado, ao requintado espresso, é controversa quando se trata da saúde.Os efeitos do café no organismo são controversos, associados com efeitos Leia mais sobreVilão ou mocinho? Segredo do café é a quantidade[…]

Brincar, jogar, dançar: como se movimentar pode ajudar a saúde

Brincar, jogar, dançar: como se movimentar pode ajudar a saúde

Realizar uma prática corporal de forma regular gera benefícios que vem desde o convívio social até a melhora da saúde, influenciando positivamente na qualidade de vida e sensação de bem-estar da população. “Podemos destacar: a melhora da autoestima, redução do isolamento social, alívio do estresse, diminuição da depressão, melhora da autoimagem, aumento do bem-estar físico Leia mais sobreBrincar, jogar, dançar: como se movimentar pode ajudar a saúde[…]