A arritmia que não para de crescer no planeta

Em ritmo caótico: é assim que bate um coração com fibrilação atrial, o tipo mais comum de arritmia. Calcula-se que 20% da população mais velha desenvolva a condição. Não bastasse o perigo para o músculo cardíaco em si, a fibrilação atrial eleva o risco de acidente vascular cerebral, o AVC. Dá pra entender melhor o problema traduzindo Leia mais sobreA arritmia que não para de crescer no planeta[…]

Coração é o terceiro órgão mais transplantado no Brasil

O Brasil comemora 50 anos do primeiro transplante de coração no dia 26 de maio – meio século de vidas salvas pela medicina e por doadores! Hoje, mais de 280 pessoas esperam um coração, segundo o Sistema Nacional de Transplantes. O coração é o terceiro órgão mais transplantado no Brasil, perdendo para o rim e Leia mais sobreCoração é o terceiro órgão mais transplantado no Brasil[…]