Saiba mais sobre Linfoma – Laço do Mês de Agosto

Linfoma é um tipo de câncer originado das células do sistema linfático, uma rede de vasos, nódulos (linfonodos) e outros órgãos responsáveis pela de defesa do organismo. A doença pode se desenvolver em qualquer lugar do corpo, principalmente pescoço, axilas e virilha.

Os sintomas são muito variados, sendo os mais comuns: cansaço, fraqueza, febre, sudorese, emagrecimento, dores locais, ou generalizadas, além do aparecimento de nódulos pelo corpo.

Na maioria dos casos a causa não é conhecida. Pode ser relacionada a alterações genéticas que interferem na divisão, ou na morte celular, ou a algumas infecções virais. O linfoma, bem como os demais tipos de câncer, não é contagioso.

Linfoma Difuso de Grandes Células B, observado através de microscópio óptico com coloração Hematoxilina e Eosina

Para todos os tipos de linfomas pode haver o que chamamos de agregação familiar, ou seja, aumento na chance de um indivíduo ter a doença caso algum parente (especialmente os familiares de primeiro grau – como pais, irmãos, filhos) tenha apresentado essa condição. Além disso, existem algumas síndromes de predisposição familiar ao câncer que podem manifestar-se sob a forma de linfomas.

Os exames uteis ao diagnóstico são a tomografia, PET scan, laboratoriais e, principalmente, biopsia do linfonodo, ou órgão acometido e da medula óssea.

O tratamento é realizado com quimioterapia associada, ou não, à terapia biológica. Em alguns casos a radioterapia pode ser empregada. O transplante de medula óssea costuma ser reservado a casos de terapia refratária.

Fonte: Grupo Diagnose

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *