Praticar atividades físicas regularmente ajuda a dormir melhor

Após um dia repleto de atividades o corpo precisa de repouso para voltar a funcionar bem pela manhã.

Mas quando não há atividades físicas, parte do trabalho restaurador do sono não é demandada, como explica Cláudia Goulart, doutora em Ciências da Saúde pela Universidade de Brasília (UnB) e professora do Departamento de Educação Física.

Quem pratica atividade física dorme mais rápido, consegue relaxar e descansar melhor, tem um sono mais profundo e de qualidade, sente-se mais disposto no outro dia, tem mais facilidade para obter um peso saudável e, ao unir tudo isso, melhora a qualidade de vida como um todo.

“Quando uma pessoa pratica atividade física, acontece no corpo a homeostase, que é a estabilidade da qual o organismo necessita para realizar suas funções adequadamente para o equilíbrio do corpo. A atividade deixa seu corpo mais cansado e o sono vem naturalmente à noite. Essa movimentação durante o dia pode gerar um certo desconforto na musculatura e micro-lesões. No fim do dia o corpo te diz que precisa repousar, dormir melhor. E a atividade física também diminui o estresse e a ansiedade, auxiliando ainda mais na qualidade do sono”, afirma a professora.

Doutora Cláudia Goulart. 
Foto: Karina Zambrana/MS

O organismo nos informa o tempo inteiro o que é melhor para a saúde. Basta saber como ouvi-lo. “Se você prestar atenção, o corpo conversa com você. Ele diz que precisa comer melhor, beber mais água, fazer atividade física. O corpo começa a lhe dizer como ele rende mais. É por isso que tudo funciona bem quando você se movimenta e a melhor qualidade do sono é uma dessas consequências”, aponta.

Não basta apenas praticar atividade física regularmente para ter uma melhor qualidade de sono. Como neste momento a mente também descansa, o ideal é deixar o ambiente mais calmo antes de fechar os olhos. “Se possível, tente não fazer atividade física à noite. É claro que cada caso é um caso, mas normalmente isso pode despertar demais seu corpo. Procure dentro de sua rotina um horário em que você pode fazer exercícios. Tente também ir desacelerando o fim do seu dia, nada de muitas luzes acesas ou celular antes de dormir. Quando chega essa hora, corpo e mente precisam de descanso e você mesmo pode iniciar esse processo de desaceleração horas antes de ir para a cama”, ensina a professora.

Clique na imagem para ampliar

Fonte: Saúde Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *