Frutas, legumes, verduras e proteínas são importantes para a alimentação dos idosos

“Em primeiro lugar, devemos sempre privilegiar os alimentos frescos. Quanto mais frescos, melhor. A ideia é evitar os alimentos processados. Hoje, as pessoas compram qualquer coisa no mercado, abrem o pacote, esquentam no micro-ondas e consomem. Se a pessoa aposta em produtos in natura, não corre riscos de consumir algo com muito sódio ou pouca fibra, por exemplo. A questão de ter à mesa uma salada preparada por você, uma comida mais colorida e nutritiva é bem mais interessante para a saúde e o idoso não pode ficar fora dessa”, apontou Karina, que é pesquisadora da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (SP).

Outro ponto importante é o consumo de proteínas. “As proteínas são parte fundamental da alimentação saudável e nutritiva. Logo que o idoso sente dificuldade de mastigar, uma das primeiras coisas que ele faz é abandonar a carne. O ideal é consumi-las normalmente. Se houver um problema de mastigação, dor ou incômodo, ele deve procurar o dentista”, contou a nutricionista. “Além da carne vermelha, devem fazer parte do cardápio aves, peixes, ovos, leite e derivados e alimentos que contêm ferro e previnem a anemia, como feijão, rúcula e agrião”, ressaltou Karina.

Cardápio colorido

Uma boa opção para deixar as refeições mais coloridas e variadas é ir à feira livre ou ao sacolão. Para montar um cardápio rico em vitaminas e nutrientes, procure variar ao máximo os ingredientes. Brinque com as cores, como por exemplo verde, roxo, vermelho e amarelo. Rapidamente vem à mente beterraba, berinjela, uva, tomate, morango, goiaba, mamão, pimentão, abóbora, alface, abobrinha, ervilha, abacate, pepino, erva-doce, milho.

Boas dicas podem ser encontradas no livro “Na Cozinha com as Frutas, Legumes e Verduras”, uma publicação feita em parceria do Ministério da Saúde com a Universidade Federal de Minas Gerais. Ele traz informações úteis sobre diversos alimentos brasileiros e como diversificar seu uso no dia a dia.

Fonte: Saúde Brasil

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *