Doenças de Verão

Com os dias quentes e úmidos, diversos micro-organismos se proliferam mais facilmente, causando, assim, maior incidência de algumas doenças. São elas:

Conjuntivite

A conjuntivite se caracteriza pela inflamação da conjuntiva, membrana transparente que reveste o globo ocular e a parte interna da pálpebra, e tem como sua principal causa os diversos vírus existentes. Porém, ela pode ser causada também pode ser de origem bacteriana ou alérgica. Por conta do clima mais seco, a doença se desenvolve com maior facilidade no verão.

Em caso de conjuntivite viral ou bacteriana, medicamentos podem ser receitados a fim de tratar a doença.

Para preveni-la, lavar bem as mãos antes de tocar os olhos e evitar o compartilhamento de objetos de uso pessoal é bastante recomendável.

Impetigo

Uma das dermatoses mais comuns em crianças, o impetigo é uma doença infecciosa e contagiosa causada pelas bactérias Streptococcus pyogenes e a Staphylococcus aureus. Como sintomas, pode apresentar lesões nas camadas superficiais da pele, que podem ser bolhosas ou não bolhosas, ou apresentar ectimas, isto é, lesões que acometem as camadas mais profundas da pele.

Para a prevenção, o ideal é não ter contato direto com as feridas ou com objetos contaminados, pois a doença pode se transmitir facilmente de uma pessoa para outras.

Dengue

A dengue é uma das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti e pode ser fatal quando não tratada de maneira correta e precoce. Alguns de seus sintomas mais comuns são cansaço extremo, febre alta, forte dor de cabeça e perda do apetite.

A doença não é transmissível de pessoa para pessoa, portanto as melhores maneiras de se prevenir é eliminado os focos de proliferação do mosquito, como água parada em vasos de plantas, pneus e garrafas velhas.

Hepatite A

Através de águas poluídas, o vírus causador da Hepatite A pode se proliferar e disseminar mais facilmente no ambiente. A doença tem como sintomas náuseas e vômitos, além de deixar a pele e os olhos amarelados (icterícia).

Para se prevenir, é necessário a toma da respectiva vacina, porém ela ainda não foi incluída no calendário de vacinação anual do Ministério da Saúde.

Leptospirose

A leptospirose é uma doença infecciosa bacteriana, transmitida através da urina do rato e atinge, principalmente, os rins, fígado, cérebro e pulmões.

O seu tratamento é feito com hidratação do corpo e o uso de antibióticos. Quando evolui para um quadro mais grave, a internação hospitalar se faz necessária.

A maneira mais básica de prevenção contra a doença é a prática de medidas básicas de higiene, tanto na pessoal quanto na de objetos que são usados recorrentemente.

Fonte: Minuto Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *